Se já falta mão-de-obra qualificada nas capitais, imagine então no interior? Não é bem assim. A busca por profissionais de tecnologia é uma realidade no Brasil inteiro – será necessário preencher 420 mil vagas até 2024 segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). Mas há diferenciais que atraem candidatos às vagas abertas em empresas longe das capitais.

A Unifique acaba de ser Certificada pelo GPTW com nota 80.

1. Invista no crescimento do colaborador

Cada vez mais as pessoas querem trabalhar em organizações que lhe dão perspectivas de crescimento profissional. Vale para qualquer empresa. A 8º edição do Índice de Confiança da Robert Half aponta a possibilidade de crescimento como o principal atrativo para 40% dos entrevistados. Para Cátia Calliari, gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Unifique, localizada em Timbó, a 170 quilômetros de Florianópolis (SC), as pessoas querem crescer junto com a empresa. “Nos orgulhamos muito dos profissionais que foram desenvolvidos internamente. São pessoas que começaram conosco ainda muito jovens, acreditaram no potencial da empresa e no seu próprio potencial, e hoje ocupam posições estratégicas”, afirma.

2. Valorize os talentos locais

Rio do Sul é uma cidade com apenas 60 mil habitantes que possui universidade e um setor de tecnologia em crescimento. Para Fernando Salla, CEO da Effecti, valorizar os talentos locais é um grande diferencial na hora da contratação. “Aqui em Rio Do Sul temos bons profissionais, que estão dispostos a estudarem e se capacitarem a distância ou dentro das nossas instituições de ensino. Nem sempre essas pessoas sonham em deixar a cidade, muitas querem uma oportunidade para continuar por aqui e poder oferecer essa chance acaba sendo um grande diferencial para captar os melhores talentos da região”, explica Fernando. A Effecti é uma startup especializada em desenvolver soluções de automação para fornecedores participantes de licitações.

Matriz da Unifique fica na cidade de Timbó, no Vale do Itajaí

3. Seja referência no que faz

Se a sua empresa é reconhecida no setor, naturalmente vai atrair talentos. Pesquisa da Robert Half mostra que a reputação da empresa está na lista das qualidades que mais chamam atenção de candidatos. “A Unifique é uma marca muito respeitada e admirada na área de telecomunicações. Isso nos coloca em uma vitrine não apenas comercial, mas como uma forte marca empregadora. Cada vez que divulgamos uma oportunidade, recebemos muitos interessados”, destaca Cátia da Unifique. Na última pesquisa de satisfação do usuário da Anatel, a empresa ficou em terceiro no ranking dos melhores provedores de banda larga fixa no país e em primeiro em sua área de atuação, Santa Catarina. Em pesquisa recente, respondida por 88% dos colaboradores da Unifique, 93% disseram que sentem orgulho de trabalhar na empresa.

4. Tenha uma boa cultura

Mesmo que sua empresa seja pequena ou não tenha condições de oferecer os melhores salários do mercado, uma boa cultura corporativa pode ser essencial para captar novos talentos. “Oferecer a possibilidade de home office, flexibilidade na jornada de trabalho, ter um espaço para ouvir seu colaborador, oferecer ferramentas que podem equilibrar a vida pessoal e profissional, são alguns diferenciais que empresas do interior podem usar na hora de captar talentos. Muitas vezes, o  profissional considera mais a cultura da empresa do que a remuneração salarial em si, e investir nisso pode ser uma grande vantagem”, explica Bruno Rodrigues, CEO da GoGood, empresa de saúde corporativa.