Quase 2 mil pessoas estiveram no Ginásio Prefeito João dos Santos, em Gaspar, para acompanhar a abertura oficial da etapa estadual da 12ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade de Santa Catarina (Jasti), na noite desta segunda-feira (20).

José Justi, de 71 anos, jogador de canastra, fez o ascendimento do Fogo Simbólico

Destacaram-se na cerimônia Wilma Santiago Pereira, de 78 anos, competidora nas danças popular e livre, que prestou o juramento do atleta e José Justi, de 71 anos, jogador de canastra, que fez o acendimento do fogo simbólico. A execução dos hinos ficou por conta das cantoras Rafaela Gaiewiski e Bárbara Obliari.

Segundo o prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall, os Jasti representam um marco no esporte da cidade: “É o maior evento esportivo que Gaspar já sediou. É um evento que estimula a criação de projetos para a terceira idade, a exemplo das ações que o Município já vem desenvolvendo, como hidroginástica, alfabetização, artesanato, jogos e um possível parceria com uma universidade para o projeto ‘Faculdade da Maturidade’, que prevê cursos adaptados a idosos” disse Wan-Dall.

Para o presidente da Fesporte, Rui Godinho, os Jasti vão além de um evento de participação: “Todos vêm buscando vencer, mas valorizam também os momentos de descontração e de amizade. Os competidores dos Jasti mostram o seu melhor e têm sua autoestima elevada, proporcionando o bem-estar, a qualidade de vida e a boa condição de saúde física e mental”, completou Godinho.

Público lotou o Ginásio de Gaspar na abertura dos Jasti

As competições começaram na manhã dessa terça-feira (21) e seguem até sexta (24), nas modalidades de bocha, bolão 23, canastra, danças de salão, livre e popular, dominó, truco e voleibol, envolvendo cerca de 2.500 competidores de quase 180 municípios catarinenses.

Os Jasti são promovidos pelo Governo do Estado, Fesporte, Prefeitura Municipal de Gaspar e tem apoio da Unifique.

Texto Original: Heron Queiroz da ASCOM/FESPORTE