As redes Wi-fi funcionam através de ondas de rádios, essas ondas são transmitidas por meio de um adaptador, o roteador, que recebe os sinais, decodifica e os emite a partir das antenas que fazem o direcionamento dessas ondas. Nesse momento, o sinal é transmitido para todas as direções (360 graus), mas com maior intensidade para o lado que a antena está apontando.

A intensidade que o sinal chega até o receptor pode sofrer interferência de diversos fatores, qualquer obstáculo no meio do caminho pode interferir na sua cobertura.

O cômodo da casa em que o roteador está localizado e o seu posicionamento vertical, são os grandes determinantes para a sua intensidade. Deste modo, é necessário analisar qual é o melhor lugar da sua casa para colocar o roteador.

A melhor estratégia é colocar o roteador em um lugar alto, pois assim o sinal se expande para baixo e para os lados e ele fica livre de objetos ao redor. Visto que o sinal se espalha por todas as direções, o mais indicado é colocá-lo no centro do cômodo, para distribuir o sinal de uma maneira equilibrada por todo o ambiente. Outro ponto importante é instalá-lo no cômodo da casa onde mais irá utilizá-lo.

Repetidor de Sinal

Os repetidores de sinal Wi-Fi são ferramentas disponíveis para ampliar o sinal da Internet. Se, na sua casa, existem muitas barreiras entre o roteador que emite o sinal Wi-Fi e os equipamentos que precisam do acesso à rede, como computadores, notebooks e celular, então a solução indicada é o uso de um repetidor.

Os especialistas sempre sugerem que o repetidor fique localizado em tomadas altas para ter uma cobertura ainda mais ampla do sinal. Quanto mais alto, maior o espaço de transmissão.

Vale lembrar que é a mesma situação dos roteadores. Portanto, se em algumas partes da sua casa o sinal de Wi-Fi não pega tão bem quanto gostaria, faça o teste elevando esses aparelhos e confira se haverá um aumento do sinal nos locais que costumam ter uma conexão fraca.