Há milhares de anos, a música nos faz pensar em nossos sentimentos, emoções e vivências. A evolução é constante e em 1877, o precursor dos tocadores de música chegou ao mundo. O Fonógrafo, criado por Thomas Edison, deu início a um novo mercado.

Após a invenção do americano, os players tornaram-se cada vez mais compactos e as formas de armazenamento de áudio também foram aprimoradas. O que antes ocupava grandes espaços de um ambiente, hoje cabem na palma da sua mão.

Você não vive sem música? Já se imaginou vivendo fora da era dos streamings? Prepare-se, pois fizemos uma seleção contando a história dos dispositivos que, tempos atrás, reproduziram a trilha sonora de nossas vidas.

Vitrola – TBT Players de música

Vitrola

Nascida na década de 1940, a Vitrola ou Toca Discos é uma evolução do fonógrafo para tocar discos de vinil. O disco é inserido no aparelho que gira em sentindo horário e uma haste com uma agulha encarrega-se de fazer a leitura do vinil. O disco pode girar em duas velocidades, sendo 33 ou 45 rotações por minuto.

Os discos de 33 rpm também são conhecidos como “LPs” (Long Play) e podem armazenar até um total de 60 minutos de música. Já os 45 rpm eram a alternativa ao LP quando você queria gravar uma única música, em vez de um álbum completo. Apesar da qualidade do som ser boa, bastava um descuido para arranhar e danificar aquele seu disco favorito.

Walkman – TBT Players de música

Walkman

O Walkman deu a largada na história da “música de bolso”, invenção do toca-fitas portátil em 1979, lançado pela Sony. Foram mais de 400 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. O sucesso é determinado pela experiência individual e exclusiva. Cada pessoa escutava a seleção musical de sua preferência em seus fones de ouvido.

Entre as críticas ao Walkman era de que ele não gravava músicas, apenas as reproduzia. Porém, isso nunca impediu que ele se tornasse uma invenção popular. Afinal, não há nada mais legal do que fazer uma seleção de suas músicas preferidas e ouvi-las em qualquer lugar.

Discman – TBT Players de música

Discman

O Discman surgiu em 1984 também lançado pela Sony. As fitas viraram passado e assim como os Walkmans, o Discman segue pela mesma ideia. Os CDs são os coadjuvantes da época e a japonesa ganhou grande destaque por lançar o menor CD player do mundo antes da concorrência (oi, Philips!).

Para utilizar o aparelho precisava-se estar ciente de um problema: o som “pulava” com alguns movimentos bruscos, pois provocavam algum desalinhamento do CD durante a reprodução. Contudo, isso não tirou seu brilho, o player vendeu mais de 300 milhões de unidades.

Micro System – TBT Players de música

Micro System

Se o Walkman tocava fitas e o Discman CDs, o Micro System reproduzia os dois! No início dos anos 2000 o aparelho chegava para acirrar a disputa no mercado. Havia muitos tamanhos e modelos, os menores eram até levados para a rua no ombro das pessoas, com o tempo surgiram versões à pilha além das que utilizavam a tomada.

Atualmente os aparelhos possuem muitos recursos, com o nome de Mini System a gravação ou cópia de mídias, integração com o computador, pareamento com smartfones e até discos para brincar de DJ são uma realidade.

iPod – TBT Players de música

iPod

Nascido de uma necessidade, o iPod supriu carências que até então não havia solução completa. Os concorrentes sempre tinham algum problema, seja na interface, na quantidade de armazenamento ou na transferência de arquivos, sem falar que muitos não eram portáteis o suficiente.

Em 2001, Steve Jobs revolucionava o mercado e a realidade já estava distante do antiquíssimo fonógrafo. Com um design inovador e em versões de 5 GB ou 10 GB, o dispositivo tinha capacidade para armazenar cerca de mil músicas, algo absurdo para a época.

A Apple continuou a atualizar versões do iPod Classic até setembro de 2014, depois optou por interromper a produção. O nome nunca foi esquecido e ainda é utilizado pela empresa. A variável que leva o nome de iPod touch é vendida por quase R$2000,00 no site da maçã.

Uma coisa é clara, a tecnologia muda rapidamente e tudo gira em torno da praticidade. Os tamanhos mudam, funções novas são agregadas e novas necessidades são criadas. Os smartfones suprem hoje a demanda atual, mas e depois? Infelizmente teremos que aguardar para ver.

Gostou da nossa matéria? Não deixe de comentar com a gente qual destes players você já teve.