Nesse mais de meio século, o Rock and Roll foi celebrado por milhares de pessoas, como a maioria dos estilos históricos, passou por bons e maus bocados, e chegou a ser desacreditado algumas vezes. Mas, sempre deu um jeito de reaparecer, por meio dos seus vários artistas e vertentes, o bom e velho rock continua a fazer história.

Surgido nos Estados Unidos na década de 40, O Rock ou Rock and Roll iniciou seu auge trinta anos depois, entre os anos 70 e 80. Mas foi julho de 1954 que um jovem caminhoneiro, de voz e estilos únicos, encubou-se de ser o mensageiro do novo estilo com a gravação “That’s Allright Mamma”. Na música, ele dizia “Eu estou deixando a cidade, amor” o que realmente aconteceu anos depois ao ganhar o mundo, nascia assim, o astro Elvis Presley.

Elvis ficou consolidado como o rei do rock, mas sua tarefa não foi nada fácil, pois havia muito preconceito na sociedade americana. Por meio de seu talento e carisma, Presley não somente encantou os adultos, mas, principalmente, os adolescentes. Afinal, não havia nada novo para esse tipo de público no pós guerra.

Na mesma década, no ano de 1957, o rock chegou no Brasil. Entretanto, não foram Raul Seixas e nem Roberto Carlos os precursores, com a canção dançante “Rock and Roll em Copacabana”, Cauby Peixoto fez a primeira gravação inédita em português. Ao ouvir a música, observa-se um som muito diferente do que estamos acostumados, pois o rock misturava-se a bossa nova – difícil de imaginar, não é?

A partir dos anos 60, o estilo que até então era conhecido toma um ritmo diferente e ganha ainda mais o coração do público. Nomes como The Doors, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Pink Floyd reformularam o rock’n’roll para o som que conhecemos hoje. E não podemos esquecer das bandas The Beatles e Rolling Stones, que fizeram um sucesso estrondoso, ganhando fãs no mundo todo.

Os anos 70 foram marcados pelo aparecimento de bandas como AC/DC, Queen, Led Zeppelin, Kiss, Black Sabbath, Iron Maiden, Kiss, Ramones, The Clash, Sex Pistols e David Bowie. Já no Brasil,  Raul Seixas, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Rita Lee e a banda Secos & Molhados davam seu toque brasileiro ao ritmo.

Com a chegada dos anos 80, o comportamento e estética visual dos intérpretes internacionais mudaram para tons excêntricos. Os penteados e roupas exageradas os artistas ajudavam a lotar arenas. Sendo eles: Bon Jovi, Van Halen, New Order, The Cure, Pretenders e Roxette. No Brasil, Legião Urbana, Titãs, Barão Vermelho, Nenhum de Nós e Capital Inicial, embalavam as rádios e shows.

A banda Nirvana chegou com tudo nos anos 90, e é até hoje a banda mais tocada nas rádios de rock nos últimos anos, mas tiveram outros nomes importantes como Pearl Jam, R.E.M, Alice in Chains, Soundgarden, Red Hot Chili Peppers, The Offspring, Green Day. No Brasil, foram Skank, Charlie Brown Jr., Raimundos, Los Hermanos, O Rappa e Cidade Negra.

E por fim, nos anos 2000 chegam bandas como Evanescence, The Strokes, Interpol, Arctic Monkeys e Franz Ferdinand. Nesta década também surgiram as bandas Detonautas Roque Clube, CPM 22, Forfun, Tihuana, Cachorro Grande e a cantora Pitty em solos tupiniquins. (ufa!)

Devido a grande quantidade de intérpretes cada qual com sua cultura e experiências, o rock sofreu diversas mudanças de ritmo durante os anos, mas que agradam diferentes públicos. Afinal, quem não tem aquele seu amigo que prefere as bandas de 70 ou um parente que aprecia os artistas de 90? Independentemente da década, todos são envolvidos por esse som de características únicas.

Sobre o Dia Mundial do Rock

No dia 13 de julho de 1985, em Londres e na Filadélfia, com o intuito de ajudar a erradicar a fome na Etiópia, ocorreu o festival beneficente Live Aid. O evento reuniu as bandas mais famosas da década, transmitido mundialmente, ajudou a chamar a atenção para o estado de miséria na África. Diante do sucesso, a data é celebrada como o dia mundial do rock.

Nós da Unifique montamos uma playlist de reprodução dedicada ao Rock, as músicas contidas exibem as características de cada época. Portanto, fique à vontade para ouvir e baixar em seu Spotify, caso não conheça a plataforma, clique aqui para saber mais sobre aplicativos de streaming de música. Veja nossa seleção abaixo e curta muita música, pois hoje é dia de rock, bebê!