Se preferir, você pode ouvir a matéria através do link abaixo. É só dar o Play!

Lançamos a Central Telefônica Virtual, onde o número de ramais é ilimitado, com o objetivo de aprimorar o atendimento aos nossos clientes. Trata-se de uma solução que vem sendo muito procurada: o PABX (dispositivo desenvolvido para distribuir linhas telefônicas em ramais) em nuvem, que traz uma série de vantagens em relação ao sistema convencional.

“Antes, o hardware para a instalação de ramais possuía uma limitação conforme a capacidade instalada. Em empresas de grande porte, muitas vezes é necessário fazer a troca ou ampliação da capacidade da central, fazendo com o planejamento sobre essas demandas futuras sejam imprescindível”, explica o gerente de Telefonia da Unifique, Elton Salvador. “A vantagem do PABX Cloud – em nuvem – é trazer facilidade às empresas nessas novas demandas que estão surgindo, como home office, ampliação ou redução da infraestrutura de voz, e, principalmente, otimizar a comunicação nas organizações”.

Além do PABX, a Unifique oferece vários serviços através do nosso novo Data Center Comercial (em processo de Certificação Tier III)

CENTRAL TELEFÔNICA VIRTUAL UNIFIQUE
A CTVU é um serviço hospedado que não exige investimento em equipamentos caros, como as centrais telefônicas. Os PABX tradicionais necessitam de treinamento de pessoal responsável pelos hardwares, softwares e manutenções e exigem um cabeamento específico. Já a CTVU utiliza redes Ethernet, Wi-fi, 3G ou 4G. Dessa forma, o cliente pode atender em qualquer lugar onde tenha algum tipo de acesso à internet.

A nossa Central Telefônica Virtual utiliza o sistema VoIP (ligações via internet), o que reduz os custos das chamadas e dá mais agilidade na troca de informações. “Dessa forma, o processo para o cliente se torna mais prático, pois a comunicação é mais rápida, o que agiliza a tomada de decisões”, complementa Elton. Outra vantagem é a flexibilidade para expansões. “Nos PABX tradicionais é preciso fazer um levantamento para ver se a central do cliente suporta a demanda interna. Se não suportar, haverá necessidade de comprar novas placas e, em alguns casos, trocar toda central. Na CTVU, como o limitador é o hardware instalado, havendo necessidade de um upgrade, basta reinstalar o hardware”, esclarece Salvador.